Mais um ano e eu sozinha,
precisando de você.
Procurando o meu caminho,
continuo a me perder.

É longa essa estrada,
vem, clareia o meu viver.
É longa essa estrada sem você.

Toda cheia de espinhos,
eu não posso entender
essa falta de carinho
entre eu e você.